Perguntas Frequentes

1. Sou recém–formado na área da Saúde e gostaria de saber como faço para sublocar sala?

Dispomos de várias formas dos profissionais da área da saúde que necessitem de um local estruturado se integrar a Clínica, a qual apresentaremos a seguir, lembrando que não existe nenhum vínculo empregatício entre ambos. clique aqui e baixe a nossa apresentação para novos profissionais.

• a. INTEGRAÇÃO TOTAL alpha – O profissional que fizer esta opção, a partir do pagamento da primeira mensalidade passa a ter à sua disposição 4 horas semanais em uma de nossas salas, para atender sua clientela, contando com toda nossa infra-estrutura de funcionamento. Atendendo às exigências da Administração, poderá ter acesso à clientela que a Clinica já possua ou venha a possuir.

Os pacientes serão encaminhados para a agenda do profissional que melhor atender à sua expectativa de horário e linha de atuação, não existindo nenhuma obrigação da Clínica em encaminhar pacientes para os Integrantes. O critério utilizado será o benefício do cliente.

• b. INTEGRAÇÃO TOTAL ômega – Nesta opção o profissional não receberá a clientela oriunda de Parcerias ou Credenciamentos que a clinica possua ou venha possuir, ficando responsável pela captação de sua clientela e livre para praticar o valor que melhor atender a sua necessidade. O profissional que fizer esta opção, a partir do pagamento da primeira mensalidade terá à sua disposição 4 horas semanais em uma de nossas salas, para atender sua clientela, contando com toda nossa infra-estrutura de funcionamento.

• c. INTEGRAÇÃO PARCIAL – Essa opção destina-se a profissionais que praticam o uso de 01 hora fixada na Clinica e que mesmo não utilizada por alguma eventualidade são consideradas no pagamento, ficando ele o responsável pela captação da sua clientela.

2. Ouvi dizer que vocês possuem um plano diferenciado para o estudante fazer terapia. É verdade?

É verdade, disponibilizamos de planos especiais para estudantes e Recém-Formados em Psicologia. Para obter maiores informações entre em contato conosco pelos telefones : 4193-8016 / 4193-6436 ou envie um e-mail para diretoria@psicoalpha.com.br. Teremos um enorme prazer em poder atendê-los!

3. O que é Psicoterapia?

É um processo de duração determinada ou não com objetivo de promover o pensar do cliente, levando-o a um maior desenvolvimento pessoal, emocional e criativo.

4. Quanto tempo de terapia é necessário para que haja uma melhora?

Isso depende muito de cada caso. Algumas pessoas buscam a terapia para solucionar uma questão específica, e satisfazem-se tendo esta questão resolvida.

Outros, buscam auto-conhecimento e desenvovimento pessoal, e acabam fazendo terapia por um longo tempo. Na maioria da vezes, o que ocorre é que as pessoas passam a gostar de fazer terapia, e em geral mesmo tendo a queixa inicial resolvida desejam permanecer por mais tempo no processo terapêutico.

Quem determina o tempo de duração do processo terapêutico é o cliente.

5. Como escolher um Psicoterapeuta?

Esta é uma questão muito pessoal, e não existem regras pré-estabelecidas. O importante é conhecer o profissional, se identificar com ele e com a maneira com que ele trabalha.

Em geral a primeira entrevista não é cobrada, dando possibilidade de o cliente tirar todas as dúvidas e decidir se quer iniciar o processo terapêutico com aquele profissional ou não.

6. Qual a diferença entre Psicólogo e Psiquiatra?

O Psiquiatra é um profissional formado em medicina com especialização na área de psiquiatria, enquanto o Psicólogo é formado em Psicologia. A principal diferença entre o trabalho do dois profissionais é que o Psiquiatra está apto a tratar os transtornos mentais com o uso de medicamentos, enquanto o Psicólogo está voltado a trabalhar os aspectos emocionais do quadro.

Porém, as duas áreas estão interligadas e normalmente os profissionais trabalham juntos quando necessário.

7. Quais os sinais de que uma criança precisa fazer terapia?

Normalmente este chamado vem da escola ou dos próprios pais. Ao perceber que a criança não está feliz, apresenta alguma dificuldade em seu desenvolvimento ou em relacionar-se com as pessoas ou com o mundo, um psicólogo deve ser procurado.

8. É caro fazer terapia?

O preço varia muito de profissional para profissional. A primeira entrevista é o momento de negociar o valor da consulta, e caso você não possa pagar aquele profissional, peça a ele uma indicação de um outro profissional que atenda por um valor mais baixo. É importante lembrar que o valor cobrado não tem relação alguma com a qualidade do trabalho realizado.

9. O psicoterapeuta irá me dar conselhos, dizer o que é certo ou errado?

Só quem pode dizer o que é certo ou errado para você é você mesmo. O terapeuta irá ajudá-lo a resgatar e construir valores para que você saiba distinguir o que é certo ou errado, bom ou ruim para a sua vida.

10. O que é Daseinsanalyse?

Daseinsanalyse é uma abordagem psicoterapêutica baseada nos pensamentos do filósofo alemão Martin Heidegger e desenvolvida inicialmente por Medard Boss. A mesma se utiliza do método fenomenológico e procura abster-se de quaisquer julgamentos prévios do paciente. O profissional desta área procura a compreensão de seu paciente como um todo, procurando compreender suas especificidades à luz de suas vivências e construindo assim, com ele, uma maior compreensão de si mesmo. A existência humana, a forma em que a pessoa vivência seu mundo, e a finitude são temas centrais dessa abordagem.

11. O que é este processo de Coaching?

Coaching é um processo definido com um acordo entre o coach (profissional) e o coachee (cliente) para atingir a um objetivo desejado pelo cliente, onde o coach apoia o cliente na busca de realizar o objetivo, ou seja as diversas metas que somadas levam o coachee ao encontro ao seu desejo maior estabelecido dentro do processo de coaching. Isso é feito por meio de reflexões e posterior análise das opções e da identificação e uso das próprias competências, como o aprimoramento e também o adquirir novas competências, além de perceber, reconhecer e superar as crenças limitantes, os pontos de maior fragilidade.

Coaching é, portanto, um processo objetivo, guiado por um conjunto de informações crescentes oriundas de sessões, estabelecendo metas, com a finalidade de atingir transformações positivas na vida do coachee.

O Coach (treinador, numa tradução literal) atua encorajando, apoiando, mantendo a motivação e acompanhando a Ação e o Plano de Ação de seu Coachee, incentivando o seu crescimento, aumento de capacidades, habilidades, ação, conscientização de valores e maior controle emocional (Inteligência Emocional), por meio de técnicas que melhorem a sua performance profissional e pessoal, com foco em melhor qualidade de vida, visando a satisfação de objetivos desejado pelo Coachee, considerando ideias como a de que o simples fato de compartilhar pensamentos e ideias que estão soltos e poder organizá-los, transformando em um objetivo desafiante e guiado e mensurado por um Plano de Ações, possibilitando desta forma a concretização dos sonhos e desejos.

12. O que é Fonoaudiologia?

Surgida na década de 50 com profissionais vindos de outros países, a Fonoaudiologia é uma ciência que busca desenvolver propostas de atendimento – avaliação e tratamento de crianças e adultos com os ditos distúrbios da comunicação, atuando também na assistência, prevenção e promoção à saúde.

13. Em que áreas atua a Fonoaudiologia?

A Fonoaudiologia atua nas seguintes áreas:

• Linguagem oral: trocas fonêmicas (de sons), ceceios frontal e lateral (alteração da produção de /s/ e /z/ na fala), omissões, contaminações (ex.: pipoca/ picoca), atraso de linguagem (demora para falar/ expressar). • Linguagem escrita: trocas de t/d, f/v, c/g, p/b, j/x ch, entre outras; omissões; inversões (ex.: prato/ parto); contaminações (ex.: pipoca/ picoca); aglutinações (ex.: eraumavez / era uma vez); produção de texto. • Sistema Sensório Motor Orofacial: alterações das posturas de lábios e língua (ex.: lábios entreabertos, língua entre os dentes), respiração oral, deglutição atípica (com interposição de língua ou com esforço), alteração de mordida (por uso de chupeta, dedo, mamadeira ou hábitos como roer unhas, morder canetas, blusas, etc.) • Voz: alteração da qualidade vocal, rouquidão, ardor, aspereza, cansaço ao falar, etc. • Audição: distúrbios/deficiência auditiva, ruídos, etc.

14. Onde atua o Fonoaudiólogo?

Atua em escolas, creches, hospitais, clínicas especializadas, postos e centros de saúde e empresas.

15. Quem é o fonoaudiólogo?

O fonoaudiólogo é um terapeuta que lida com as patologias da comunicação humana, divididas nas áreas de voz, fala, linguagem, avaliação e terapia dos problemas de audição.