(11) 4193-6436     recepcao@psicoalpha.com.br

ARTIGOS

Baixa autoestima: O que você precisa saber


Baixa autoestima: O que você precisa saber

Quando uma pessoa está com a autoestima baixa ela apresenta vários sinais que causam a ela desconforto, como: inadequação, pensamentos negativos e dificuldades nos relacionamentos.

A Baixa autoestima não é uma doença, mas pode levar ao desenvolvimento de vários problemas emocionais, além de estar presente em vários deles em forma de sintoma como a:

  • Depressão;
  • Ansiedade;
  • Fobia social;
  • Dependência Química;
  • Problemas  nos relacionamentos;
  • Disfunções sexuais;
  • Suicídio;
  • Obesidade;
  • Transtornos alimentares;
  • Bullying;
  • Transtornos de aprendizagens ou dificuldades em aprender.

Características da pessoa com Baixa autoestima

peccato

  • A pessoa se sente inadequada consigo mesma, com os outros e com a vida;
  • Pensamentos e sentimentos negativos em relação a si mesma;
  • Sentimentos de incapacidade;
  • Insegurança;
  • Preocupações com o que as outras pessoas podem pensar ao seu respeito;
  • Dificuldade para tomar decisões;
  • Dificuldades em receber elogios, por não acreditar em si mesma;
  • Dificuldades em lidar com críticas;
  • Dificuldade nos relacionamentos interpessoais e amorosos;
  • Comparação com outras pessoas;
  • Falta de confiança em si mesma;
  • Sentimentos de não ser merecedora ou de não ter valor;
  • Critica-se frequentemente.

Causas da Baixa Autoestima

baixa-autoestima-capa-e-dentro-830x450

A baixa autoestima é causada por vários fatores, podendo ter início na infância ou adolescência ou mesmo surgir mediante situações na idade adulta. Porém é justamente na infância que a criança forma a percepção de si mesma através de pessoas significativas como os pais, cuidadores e posteriormente de professores e amigos.

Se a visão que ela (a criança) acredita que os outros têm dela, for negativa incluindo experiências pouco favoráveis, provavelmente ela poderá crescer com baixa autoestima e levar isso até a idade adulta.

Abaixo segue uma lista de experiências negativas que podem ocasionar o problema:

  • Críticas frequentes na infância;
  • Violência física e/ou verbal;
  • Falta de carinho;
  • Falta de afeto e atenção;
  • Falta de elogios e reconhecimento por suas habilidades;
  • Castigos frequentes;
  • Negligência;
  • Rejeição pelos pais ou cuidadores;
  • Comparação frequente com outras crianças;
  • Bullying;
  • Preconceitos;
  • Abandono;
  • Abuso sexual.

As experiências negativas na infância e na adolescência podem ter um efeito duradouro e chegar até a idade adulta resultando em Baixa autoestima, além disso, podem favorecer o desenvolvimento de psicopatologias já citadas acima. Assista esse vídeo abaixo que exemplifica bem esse assunto:

OBS: *clique no play e altere a legenda para português no botão cc. 

O que fazer para melhorar a autoestima?

Vantage-Points

Para melhorar a autoestima é sempre indicado buscar autoconhecimento que pode ser feito através da psicoterapia. Durante esse processo  você poderá se autoconhecer e aprender formas de lidar com a baixa autoestima através de técnicas e exercícios terapêuticos.

Acesse também as dicas publicadas aqui no blog, pois elas poderão te ajudar nesse processo de mudança e autoconhecimento.

E pra finalizar gostaria de deixar essa mensagem:

Pensamentos negativos como: “Eu não sou boa o suficiente”, “Eu não consigo” entre outros pensamentos, só servem para diminuir a sua autoestima. Você não pode mudar o passado, nem como as pessoas te trataram, mas você pode mudar o momento presente e a maneira como você se trata.

Liberte-se das correntes! Se ame, se cuide, se valorize! Você merece e a sua autoestima também!

Até o próximo post,

Claudia Cruz,

Psicóloga/Terapeuta Cognitivo Comportamental


contato